You are currently viewing Hei, você! Minha persona…prazer!

Hei, você! Minha persona…prazer!

O que você procura aqui? Sabe quem sou eu, Tuany! Para quem estou fazendo esse blog?Ei, você, minha persona, venha me conhecer melhor  e me deixe saber quem você é…  

Bom, vamos à pergunta, quem eu sou? 

Você já parou para se perguntar? 

Aqui vai minha resposta resumidamente… 

Meu nome : É Tuany Triunfo e despois que casei com o Fabio em 2009 me tornei a        Srª Tuany Triunfo Costa, nasci em fevereiro de 1983, em São Caetano do Sul, filha de professora concursada (hoje aposentada) e pai (funileiro, dono de bar restaurante, caminhoneiro ou seja, autônomo, essas foram as profissões que vi um pai exercer, hoje tem bicicletaria e é atleta). 

Bem, o que você busca, quando observa minhas fotografias, quando lê meus posts? Conhecer quem a gente segue, faz com que nos sintamos mais próximos e entendemos mais o que essa “ pessoa” quer dizer! 

Sou formada em Pedagogia e pós – graduada em psicopedagogia, meus estudos me deram uma base, melhoraram minha escrita, Freud, Vygotsky, Piaget, entre outros acabaram por influenciar. Entretanto isso me ajudou e deu base em sala de aula, desde fevereiro de 2009 sou concursada na minha área e leciono para crianças, amo o que faço, mais não me torna uma mãe melhor, nem mais “sabida”, pelo contrário, me sinto às avessas e muitas vezes venho buscar ajuda na internet ou nas análises em que já fiz para educar meus guris de 7 e 4 anos (hoje), também leio bastante sobre, uma das minhas últimas leituras foi da autora “Isabelle Filliozat – Livro:“ Meu filho me enlouquece”” – compreenda o que se passa na cabeça das crianças de 6 a 11 anos da editora: Sextante 

Bom, sou casada com Fabio que é formado desde 2017 em Engenharia Civil, e é vendedor de auto peças, desde 2005. Nos conhecemos em novembro de 2006, perto do feriado de Finados, começamos um namoro que parecia bem “raso”, fomos sendo sinceros, entregues e desejamos construir uma vida juntos. Começamos do zero, eu recém formada em Psicopedagogia, havia sido mandada embora de uma escola renomada e conceituada em São Caetano do Sul, eu estava sem muitas expectativas para futuro, tentando encontrar meu verdadeiro EU! Essa busca é constante, mais amena, menos perturbadora. Hoje sei onde quero chegar! 

Aos 37 anos, mãe de Pedro (8 anos ) e Théo (5 anos), casada, professora, dona de casa (sem ajudante), “motorista de filhos”, cozinheira deles, mãe das filhas de 4 patas Chloé (Yorkshire de 1 aninho) e Floppy nossa coelhinha de quase 3 aninhos. Cheia de sonhos, de conhecer o mundo, de viajar com meus filhos e marido , de pegar a estrada, de sentir cheiro de mato, de chuva, de andar no mar, pular ondas, pegar conchinhas, folhinhas, de fazer castelinhos na areia, de andar de bicicleta, de tomar banho de piscina, de ver o Mickey de perto, de dançar, pular e fazer caretas. Essa sou eu meio a isso tudo! E foram essas vontades associadas a vontade de ler e escrever que me trouxeram até aqui. 

E é um pouco disso tudo que está procurando? Indicação de leitura paa entretenimento e conhecimento, indicação de lugares bons para visitar com crianças? Quebrar o tabus de que é difícil viajar com filhos? Dicas de Restaurantes para boas experiências gastronômicas? Detalhes nos textos informações de busca, tudo feito sob pesquisas? Essa sou eu! Prazer, seja bem-vindo , o prazer é meu de recebe-lo na nova casinha do VCG.  

Deixe seu comentário, se apresente e teremos muito o que conversar! 

Ainda não te convenci? Quer ler mais sobre nós?  Então senta que vem textão…. 

“Um dia me disseram, que as nuvens não eram de algodão!!!” 

Quando eu tinha nove anos e ainda era filha única, morávamos, meu pai, minha mãe e eu em um apartamento alugado em São Caetano do Sul, com a janela do meu quarto virada para a rua Oswaldo Cruz, barulhenta, movimentada e cheia de vida e poluição, claro! Naquela época, não era como hoje, pois não havia a internet “banda larga”, os telefones eram com fios e de discar, na casa de uma coleguinha tinha um de ramal, que acendia que eu achava chique, chique! Entretanto as crianças brincavam na rua, assistiam à sessão da tarde e programas na “Tv Cultura”, jogavam “lince”¨ por exemplo e liam “Onde está Wally?”. Éramos tão felizes! 

Na época as novelas globais eram lindas, não que hoje não sejam, nada disso que quero enfatizar, é que tínhamos “mais tempo” para acompanhar porque era o que nos distraía! Era acessível!Portanto, eu acompanhava alguma novela cujo algum personagem soltou a frase” Se for para ser infeliz, que seja em Paris”. ! Repeti inúmeras vezes, recordo de estar sentada na cozinha desse apartamento da Rua : Peri nº 11,aptº 11, repetindo essa frase enquanto brincava com minha casa da Barbie e bonecos , minha Barbie voltava de férias de Paris e tomava o chá das cinco. 

Também me lembro de um dia, quando eu tinha meus quatorze anos, meados de 1997, quando visitamos amigos, filhos do meu pai que haviam acabado de retornar da Disney, com aqueles “tickets” impressos de “Mickey e Pateta” e eu aguada, sabendo estar tão distante. Mas projetando para o Universo minha “necessidade” em um dia poder estar lá. Tantas coisas aconteceram nesses 28 anos que se passaram, eu sei, daria um livro, nem romance, nem drama, talvez uma comédia dessas com finais inesperados e tropeços no caminho, bem icônica, cheias de bordões e” stand up”, pois estaria falando de mim mesmo, como num monólogo. 

Eu recebi meu primeiro salário no ano 1999 após me formar no ballet clássico e começar a dar aulas para crianças na academia que era do meu tio paterno, eu tinha uma turminha com 3 aluninhas fiéis que permaneceram por dois anos comigo. Daí em diante nunca mais parei de trabalhar, nunca guardei um centavo pensando em sonho nenhum, tudo virava “urgência” um lançamento de um perfume, ou um casaco novo, um sapato, presentear quem eu gostava, entradas para um show ou teatro, final de semana na praia, ano novo com amigos, uma bolsa da Capezio¨ era sonho de consumo entre as bailarinas e professoras de dança, sim eu usei muito e amava!!! Tudo isso foi me afastando dos meus sonhos de médio e longo prazo, o imediatismo gritava! Sei que aquela Tuany não existe mais, daquele jeito, mas tem resquícios dela aqui sim, vejo bem no fundo e tento domá-la!  

Sonhos temos de muitos e tantos, poucos , pequenos, ou grandes e altos!!! Temos que ter e temos o direito de realiza-los, de busca-los e concretizá-los!!! renasce lá dos primórdios de meus sonhos , o desejo intrínseco de viver o que ficou adormecido outrora! Voilà. 

Sonhar não custa nada, não é mesmo??. 

¨lince –lince é uma movimentada competição na qual sua rapidez e seu reflexo decidem cada jogada. todos os jogadores recebem as cartelas com figuras que estão no tabuleiro. depois do sinal, devem tentar localizá-las rapidamente, com suas fichas coloridas. 

¨¨”Onde está wally?” -O livro fez tanto sucesso que gerou uma série animada de 13 episódios, em 1991, que adaptava diversos dos cenários mostrados nos álbuns, e uma tira de jornal, que foi publicada em diversos países, inclusive no Brasil, entre 1993 e 1998.  

¨capezio –Loja: A Capezio do Brasil foi fundada em 15 de julho de 1975 na cidade de São Paulo. 

A empresa começou produzindo sapatilhas de Ballet e ao longo dos anos foi ampliando a linha de produtos, incluindo a parte de vestuário (confecção) e tecelagem, fabricando tecidos e meias para o próprio consumo. Hoje, atende todo o segmento de Dança em todas as suas modalidades, do Ballet Clássico ao Carnaval, incluindo Jazz, Sapateado, Dança de Rua, Danças Folclóricas e Típicas.   

Gostaram?Então, até a próxima!

Deixe um comentário